22
abr
2014
Pipoca F.A.R. 1# – Inspiração de Clipes Musicais!
Categorias: Pipoca F.A.R. • Postado por: Matheus Benjamin

Olá pessoal, nessa coluna teremos indicações de filmes altamente recomendados (F.A.R.), organizados sobre o mesmo tema ou elemento semelhante. Além de algumas curiosidades sobre cinema e os filmes indicados. Essa é a primeira parte dos filmes que foram inspirações de clipes musicais de diversas bandas e cantores. Então, não esqueça de comentar outros clipes para agregar ao post e assim fazermos cada vez mais um trabalho melhor. Espero que gostem dessa coluna e que sugiram temas para os próximos posts!

Dr. Fantástico (Dr. Strangelove or How I Learned Stop Worrying and Love the Bomb. Stanley Kubrick, 1964)

dr.fantastico 1

Um dos meus favoritos da lista. Neste longa dirigido pelo Kubrick, temos o ator Peter Sellers dividido em três personagens de destaque (Capitão Mandrake, Presidente Merkin Muffley e Dr. Folamour), o mesmo faria ainda um quarto papel (major T. J. “King” Kong) que acabou com Slim Pickens. Pois bem, em Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb temos uma comédia misturada com o início de uma possível guerra nuclear. É baseado no livro Alerta Vermelho, escrito pelo ex-tenente da Força Aérea Britânica Peter George, que lançou o livro sob o pseudônimo de Peter Bryant em 1958. A banda britânica Muse lançou o clipe da música Time is Running Out em 2003, claramente vemos as referências ao filme. Confira:


 

 

 

O Iluminado (The Shining. Stanley Kubrick, 1980)

iluminado

Stephen King, criador dessa história, detesta a adaptação que Stanley Kubrick fez de seu livro. Mas não podemos negar que O Iluminado é um dos clássicos do cinema e que marcou muita gente. No longa, o pai Jack (Jack Nicholson), que sofre com uma síndrome que o faz se rebelar com os que estão a sua volta, a mãe Wendy (Shelley Duvall) e o filho Danny (Danny Lloyd) que é muito inteligente para a idade e consegue prever e rever acontecimentos, estão vivendo em um hotel isolado onde coisas estranhas acontecem. Aqui temos cenas angustiantes ao mesmo tempo que macabras. A banda estadunidense 30 Seconds to Mars lançou o clipe de The Kill com inspiração clara no filme, assim como Spit it Out da banda Slipknot.


 

 

 

 

Um Corpo que Cai (Vertigo. Alfred Hitchcock, 1958)

vertigo1

O Mestre do Suspense, Alfred Hitchcock apresenta em Um Corpo que Cai o detetive John Scottie Ferguson que possui um medo terrível de altura. Até que começa a  seguir a esposa de um colega (que tem uma coisa com lugares altos). Achando que a moça é louca e que está tentando suicídio algo incrivelmente estranho acontece. É baseado no livro D’Entre les Morts, de Pierre Boileau e Thomas Narcejac. Hitchcock que ama um easter egg aparece no filme aos onze minutos caminhando no estaleiro. O longa inovou com efeitos em uma sequência de zooms e afastamento da câmera, que dá ao público a sensação de vertigem sentida pelo protagonista. O filme é considerado a obra prima de Hitchcok. A banda estadunidense Faith no More lançou o clipe de Last Cup Of Sorrow baseado em Vertigo.


 

 

 

Laranja Mecânica (Clockwork Orange. Stanley Kubrick, 1971)

cena-inicias-de-laranja-mecanica

Laranja Mecânica de Stanley Kubrick, lançado em 1971, adaptado do romance homônimo de 1962 do escritor inglês Anthony Burgess, foi inspiração de três clipes musicais. O filme conta a história de Alex DeLarge, um arruaceiro que sai com seus amigos pela cidade fazendo baderna. Até que um dia, uma de suas brincadeiras violentas passa dos limites e ele acaba sendo condenado à prisão. Depois de cumprir um pequeno pedaço de sua pena, ele pode ser liberado se se submeter a uma terapia experimental de aversão, onde ele terá que presenciar violência extrema em filmes sob a influência de um novo soro. Só que Alex fica incapaz de parar de assistir os filmes, porque seus olhos estão presos por um par de ganchos, assim como ele também é drogado para que associe as ações violentas com a dor que estas lhe provocam. Se você quiser saber o que acontece a partir daqui, assista. O primeiro clipe, The Universal da banda inglesa Blur, faz uma releitura de algumas das cenas mais marcantes do longa. Confira:


 

 

We’ve Lost You da banda brasileira Sepultura tem referências ao protagonista Alex sendo o Alex.

 

 

E Never Gonna Stop do músico estadunidense Rob Zombie começa com uma releitura de uma das cenas do filme.

 

2001: Uma Odisseia no Espaço (2001: A Space Oddity. Stanley Kubrick, 1968)

12-_PreRel_CIEDU_foto

Co-escrito com Arthur C. Clark tendo lançado o livro homônimo mais tarde. Considerado por muitos como um dos melhores filmes já feitos, 2001: Uma Odisseia no Espaço foi um dos longas pioneiros no ramo da ficção científica. O filme aborda diversos assuntos como  inteligência artificial, vida no espaço, evolução humana, tecnologia entre outras coisas, apresentadas com uma trilha sonora impecavelmente incrível. Há um fato curioso sobre isso: Kubrick havia solicitado que Alex North a fizesse, porém mais tarde desistiu e acabou por colocar temas clássicos como a épica Also sprach Zarathustra de Richard Strauss.  Na internet essa trilha sonora “original” pode ser encontrada e na minha opinião a executada no filme é muito mais legal! Em 1969, David Bowie lançou o clipe de Space Oddity inspirado no filme. Confira:


 

 

 

Cães de Aluguel (Reservoir Dogs. Quentin Tarantino, 1992)

Reservoir_Dogs_2

Outro dos meus favoritos da lista. Dirigido por Quentin Tarantino, esse é de fato o primeiro filme do cara. Aqui temos uma gangue de cinco caras que não se conhecem e se intitulam “Mr. (alguma cor)” que foi designada a roubar certos diamantes, porém acaba tudo dando errado e vemos as consequências desse erro em uma narrativa não-linear, não mostrando o assalto propriamente dito e sim o que precede esse evento e o que acontece depois. Podemos ver o desenvolvimento de cada personagem individualmente além de muita violência e enfim, é um filme sensacional dentro do gênero tarantinesco da vida. A banda alemã Rammstein lançou o clipe da música Du Hast em 1997 que traz diversas referências ao filme. Além disso a música é trilha sonora de Matrix. Confira:


 

 

E isso é tudo pessoal!



Fã de Miyazaki, Aïnouz, Salles, Mendonça Filho, Von Trier, Thomas Anderson, Haneke e Bergman. Dirigi dois curta-metragens "A-Ma-La" e "Senhor Linux e sua Incrível Barba", ambos pela Pessoas na Van Preta.