16
out
2014
FREQUÊNCIA RADIOATIVA 6# – Aquela musica do filme que não vi!
Categorias: Frequência Radioativa • Postado por: Pop

Acredito que todos nós sabemos o que é  escutar uma trilha sonora sem nem ter visto o filme, apenas pelo simples fato de que, um de seus músicos favoritos que compôs, e foi exatamente o que aconteceu comigo em relação a trilha sonora de ‘Compramos Um Zoológico’. Não posso afirmar que a musica trouxe um ar de cooperação que o filme apresenta (pelo menos acredito que o filme seja sobre isso) nem um ar de emoção, oxigênio, entre outros “ares” que a musica pode trazer, inspirar, transpirar em um filme. Ok, ok, vamos a trilha sonora, quem fez? Jón Þór Birgisson *pronuncia-se… não, não faço ideia da pronuncia*, talvez você conheça ele por Jonsi, ou talvez já tenha ouvido falar da banda de  post-rock islandesa Singur Rós (se ja ouviu, por favor, me abraça). Admito a partir de já, que este post tem um caráter completamente pessoal e já peço perdão pela imparcialidade( e  por não ter assistido o filme), porque não faço ideia da “aceitação social” de Jonsi, realmente não sei o que uma musica ‘post-rock islandesa, um tanto progressista e minimalista’ pode causar nas pessoas não familiarizadas com o ‘post-rock islandes, um tanto progressista e minimalista’. Quando mostrei aos meus amigos fizeram aquela tipica cara de ‘Legal-Mas-Não-Vou-Lembrar-O-Nome-Nem-Anotar’, talvez o problema seja com meus amigos …mas pode ser que seja eu.

Talvez a musica não tenha “casado” com filme, talvez tenha sido lindo, me desculpem por isso, quem sabe não volto a este mesmo post dizendo “então pessoal o filme é ‘meh’ a musica ficou ‘meh’, mas Jonsi ainda é Jonsi”. Enquanto não caímos nesta conclusão, escutem com carinho.

Cheguei ao fim e percebi que não falei sobre a musica, a musica é sensacional( eu avisei sobre a imparcialidade).

Nota: se você viu o filme também verá que muitos artistas não tem faixas na trilha sonora, porque apenas as musicas de Jonsi compõem a trilha oficial.



Meu nome é Rafaella ou Pop (como preferir). Sou artista por opção, cinéfila aprendiz, pirata em busca da Terra do Nunca. Escrevo na coluna "Frequência Radioativa" sobre as musicas que embalam nossos corações.