07
ago
2019
Darkside Books lança “Horror Noire” e nova edição de “Alice no país das maravilhas”!
Categorias: Biblioteca Radioativa • Postado por: Matheus Benjamin

A editora Darkside Books, que há anos publica edições somente em capa dura de seus livros, está com duas novidades incríveis para esse mês. A primeira delas é o lançamento de Horror Noire, da Professora Dra. Robin R. Means Coleman. O livro apresenta uma pesquisa aprofundada de Coleman a respeito da representação dos negros no cinema de terror desde a invenção da sétima arte.

Horror Noire: A Representação Negra no Cinema de Terror inclui grandes produções de Hollywood, filmes de arte, blaxploitation e as emergentes produções de horrorcore inspiradas pela cultura hip-hop. Uma obra única que encoraja o leitor a desmontar a imagem racializada do gênero, assim como as narrativas que compõem os comentários da cultura popular acerca de raça, e acende um debate feroz e necessário sobre o poder do horror, seu impacto na sociedade, e suas reproduções como reflexo dela.

Essa pesquisa se tornou um marco e virou até documentário produzido e exibido pela Shudder, plataforma de streaming audiovisual de terror ainda não disponível no Brasil. Dirigido por Xavier Burgin, o filme foi lançado em 2019 e tem produção executiva da Prof. Dra. Robin R. Means Coleman, da educadora e escritora Tananarive Due, de Phil Nobile Jr, editor-chefe da revista Fangoria e Kelly Ryan, da Stage 3 Productions, e é produzido e co-escrito por Danielle Burrows e Ashlee Blackwell — que, aliás, contribuiu com um texto especial exclusivo para a edição brasileira.

E para inaugurar o selo Fábulas Dark, a editora apresenta o lançamento do clássico infantil Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carrol. Mas como trata-se de uma obra tão grandiosa, ela não cabe em uma única edição. Agora, além de oferecer uma experiência peculiar com o visual único de cada uma das três novas edições, a editora apresenta um projeto gráfico interno completamente distinto para os diferentes leitores do clássico de Lewis Carroll.

Para os leitores que não abrem mão dos clássicos, a Classic Edition traz o texto de Lewis Carroll e ilustrações originais de John Tenniel para a primeira edição de 1865, além de um projeto gráfico que remete à época de lançamento da obra. Já a Limited Edition é bela e diferenciada com as deslumbrantes ilustrações da artista brasileira Mika Takahashi, que emprestou seus traços delicados e impactantes para agregar um novo olhar à Alice e seus amigos na nova edição. Além dessas, a editora também traz a versão adaptada para crianças pelo próprio autor, a Baby Edition está dentro do selo Caveirinha. A obra também traz ilustrações de Tenniel, que adaptou algumas das imagens originais para esta edição dedicada aos pequenos e futuros leitores. E a brincadeira não para por aí: as ilustrações são em preto e branco para que as crianças possam dar as cores que quiserem às páginas.

A marca Fábulas Dark trará histórias surpreendentes que atravessaram gerações e se expandiram do mundo das palavras para todos os formatos e manifestações artísticas. Edições únicas, de fã para fã, assim como nós do Pipoca Radioativa.



Fã de Miyazaki, Villeneuve, Aïnouz e Bergman. Estudante de Cinema e Audiovisual pela Universidade Estadual do Paraná. Produzi alguns filmes, entre eles "Alice.", pela Pessoas na Van Preta.