23
mar
2020
Crônicas da Quarentena: Mantenhas as crianças entretidas em tempos pandemia
Categorias: Listas Radioativas • Postado por: Lidia Glória

Olá pessoas! Primeiramente, fiquem em casa e se cuidem. Recado dado, então galera, passamos por um momento difícil, sei que todos estão preocupados, com razão. Se nós adultos estamos assim, imaginem nossas crianças. Foi pensando nisso preparei com muito carinho essa lista de filmes para acalmar um pouco o coração dessas pessoinhas e dar-lhes um momento de tranquilidade perante a situação que nos encontramos.

Os critérios para entrar na lista foram:
não se tratar de mundos pós apocalípticos;
não falar de vírus ou reclusão;
não ter morte como algo importante, recorrente ou de destaque no enredo;
ter classificação livre para todos os públicos e claro ser divertido e de fácil acesso. 

A maioria está disponível na netflix, Telecine Play ou Amazon Prime.

A lista não tem melhor ou pior a ordem é aleatória.

Vida de Inseto (A Bug’s Life, John Lasseter ), 1998)

some text

É a história da formiguinha Flink, que é inventora e vive causando
problemas para sua colônia, –estilo Timão no terceiro rei leão. Flink destrói os alimentos que serviriam como pagamento para os gafanhotos, que pedem o dobro. Então, nossa amiga formiga tem que se virar para achar quem o ajude a defender a colônia dos terríveis gafanhotos.

Esse filme tem o Francis, o joaninha mais importante de todo o cinema e o
Chucrute só por eles já merece ser assistido.

Shaun o carneiro: A Fazenda contra ataca (A Shaun the Sheep Movie: Farmageddon,Will Becher, Richard Phelan ), 2020)

some text

O nome já é uma piada bem interessante fazendo referência a Guerra nas Estrelas, merece seu lugar aqui só por isso. Brincadeiras a parte, o filme conta a história de um alienígena com poderes estranhos que cai perto da fazenda e Shaun o toma por amigo, ajudando o visitante a fugir de uma organização perigosa que quer capturá-lo.

O Shaun é divertido por si só e o filme é bem mais cativante do que pode parecer. Tem a Shirley (a ovelha gigante), o Timmy (o carneirinho da chupeta) e o Bitzer (o cachorro) também. Eles são maravilhosos vale a pena conferir.

Tá dando onda (Surf’s Up, Chris Buck; Ash Brannon ), 2007)

some text

A melhor dublagem já feita está aqui!
Um jovem pinguim surfista, acompanhado por uma equipe de filmagem, deixa a Antártida e vai a uma ilha participar de um grande torneio de surf em memória do Big Z. Cody, o pinguim acredita que ganhando a competição terá respeito admiração.

Caso a  premissa não seja o suficiente para você, o galo Joe a completa com seu jeito de falar inusitado e claro o restante dos personagens querendo aparecer nas gravações. O filme é hilário

Os smurfs (The Smurfs, Raja Gosnell), 2011)

some text

Esse filme é lindo, uma vez que você assiste, nunca mais o gato Cruel deixará a sua mente.
A história é bem simples: Gargamel quer capturar os Smurfs para usar a essência azul deles. Eles fogem dele, mas Smurf Desastrado leva nossos amiguinhos até gruta proibida sem querer. Como é Lua azul, eles acabam transportados por um portal para o nosso mundo. Lá, Desastrado, Ranzinza, Smurfette, Gênio, Papai Smurf e Arrojado encontram refúgio com o casal Winslow enquanto tentam voltar e escapar do feiticeiro Gargamel e seu gato.

Assistir esse filme e suas continuações, (Os smurfs 2 e Os smurfs e a vila perdida (esse nem tanto)) é uma experiência incrível e a lição que os dois primeiros filmes passam sobre família e extremamente bem-feita e emocionante.

As crônicas de Spiderwick (The Spiderwick Chronicles, Mark Waters), 2008)

some text

Um filme dos primórdios de Freddie Highmore (Talvez você o conheça por, Dr. Shaun Murphy de O Bom Doutor)
Os pais Jared se separam. Ele, sua mãe e seus irmãos se mudam para uma casa velha onde ele encontra um livro mágico  e coisas estranhas começam a acontecer. O menino leva a culpa por elas, mas, na verdade, são as criaturas mágicas que vagueiam pelas terras tentando conseguir o livro de Arthur Spiderwick que ele achou .

Tibério (O guardião do livro) e  Gritalhão (o goblin bonzinho) são divertidíssimos e tem várias cenas que ficam gravadas eternamente no coração.

Cegonha: A história que não te contaram (Storks, Nicholas Stoller; Doug Sweetland), 2016)

some text

Um tempo depois que as cegonhas param de entregar bebês e passaram a entregar pacotes, por um erro aprovaram a entrega de um bebê. Agora Tulipa, a humana, com Junior, uma cegonha, terão que entregar o bebezinho antes que reparem o engano.

Esse filme é divertidíssimo, principalmente os lobos — e suas tentativas falhas de assustar — e a ingenuidade da Tulipa

O mundo dos pequeninos (Kari-gurashi no Arietti, Hiromasa Yonebayashi), 2010)

some text

Seres pequenos sobrevivem de pequenos furtos em uma casa humana colocando a culpa em gatos e ratos. Porém, quando um jovem vai para essa casa e fica amigo de uma das pequenas pessoas o segredo deles corre perigo.

Esse é um daqueles filmes delicados que consegue passar muito bem os valores que propõe, a amizade no caso.

 

Next Gen ( Joe Ksander; Kevin R. Adams ), 2018)

some text

Detentor de um dos melhores cachorros do cinema desde MIB: Homens de preto, esse filme, claramente inspirado em Operação Big Hero, ganha seu lugar aqui por não machucar tanto o coração quanto seu irmão rico e por Momo o cão revoltado.
O Enredo conta a história de Mai, uma adolescente rebelde, que vive em algum lugar do futuro, onde os robôs são comuns. Como qualquer outro adolescente ela detesta o mundo a sua volta e de quebra os robôs também até que por acidente encontra um super–robô que depois de algum tempo vira seu melhor amigo. Ah! Eles tem que salvar o mundo de um cara que quer usar robôs como armas também (Super original).

É clichê e bobinho, mas o primo pobre do Baymax é divertido o suficiente para te segurar. Com certeza o Momo vai te arrancar algumas risadas.

 

Tá chovendo hambúrguer (Cloudy with a Chance of Meatballs, Chris Miller; Phil Lord ), 2009)

some text

A história de Flint querendo reconhecimento na cidade de Boca Grande é, no mínimo, interessante. O jovem cientista cria uma máquina capaz de transformar água em comida, só que ela precisa de bastante eletricidade para funcionar. Tentando conseguir essa energia perde o controle da invenção, que vai para o céu. E de repente começa a chover hambúrguer.
Esse filme é legal para criar discussões, ele e sua sequência tem muitas margens para isso, então é bacana assistir e teorizar sobre, porque, além de ser um ótimo exercício de criatividade, as crianças com toda certeza vão gostar da atividade.

 

A Dança dos pássaros (Dancing with the Birds, Huw Cordey), 2019)

some text

Para não dizerem que não indiquei conteúdo educativo, um documentário sobre aves do paraíso tentando conquistar seus parceiros. Narrado por Alex o Leão do Zoo, que dizer, Alexandre Moreno. É divertido e interessante

O narrador  é o Alexandre Moreno, o Gato de Botas do Shrek, assista e veja se consegue reconhecê-lo.

 

Pets: A vida secreta dos bichos ( The Secret Life of Pets, Chris Renaud ), 2016)

some text

Um conto sobre nossos bichinhos, por que não?
Max, um cão de apartamento, tinha uma vida maravilhosa até sua dona trazer Duke, um cachorro muito maior que ele. No melhor estilo de Por Água Abaixo (Sério, tem até esgoto), Max tenta de tudo para se livrar de Duke, até que os dois acabam caindo em uma grande enrascada e precisam achar um jeito de voltar para casa.

O filme tem o coelho psicótico Bola de Neve e a cobra sagrada que vão ganhar um lugar especial no seu coração, junto ao purê.

 

Angry Birds: O Filme (The Angry Birds Movie, Clay Kaytis, Fergal Reilly ), 2016)

some text

Red é um pássaro que não se adequá ao jeito de viver dos outros pássaros da ilha, sendo obrigado por eles a fazer terapia. Mas quando o rei porco e seus subordinados verdes aparecem, os colegas de Terapia de Red se tornam heróis em potencial e precisam descobrir o que os visitantes estão tramando.

O enredo caótico proporciona uma experiência divertida e a trilha sonora é ótima

 

As aventuras de Robinson Crusoé (Robinson Crusoe, Vincent Kesteloot; Ben Stassen ), 2016)

some text

Um papagaio quer conhecer o mundo além de sua ilha. Depois de uma tempestade, a ilha recebe Robinson Crusoé. O papagaio então vê nele um jeito de sair dali, mas para isso precisa ajudar ele a sobreviver naquele lugar.

O filme é engraçado, uma adaptação bem legal do romance.

 

EXTRAS:

Todos os filmes do Nick Park merecem ser vistos, juntamente a todas as produções do Studio Ghibli e os clássicos 2D da Disney, 2D para não dar margem para a Pixar que tem filmes como WALL·E, para a parceria com Burton, que eu particularmente amo, mas podem não ser uma boa escolha no momento em que estamos. Então aproveitem o momento para mostrar para os pequenos a terrível Cruela; a adorável Fada Azul; o elefante orelhudo mais amado do mundo; a passagem da Branca de Neve pela floresta sombria; a Cinderela pedindo para o rouxinol cantar; discutir o porquê da Ariel ter saído do mar e qual é a melhor princesa e porque é a Mulan. Abro um parênteses aqui para dois filmes de classificação +12; Detetive Pikachu e Homem-Aranha no Aranhaverso que são muito bons também. Tente não assistir filmes tristes, vamos nos manter felizes e animados, vai dar tudo certo.



Projeto de crítica cinematográfica que ama o cinema, mas tem problemas em lembrar nomes de diretores.