21
jun
2020
Tudo Sobre o HBO Max: o serviço de streaming da Warner
Categorias: Artigos • Postado por: Rafael Hires

Nem começa a falar, hater. Eu falo mesmo, Rafael. Você tá se traindo. Tá falando de serviço de streaming a torto e a direita. Virou mercenário, é? Os filmes de cinema não tão mais pagando e decidiu se vender pro streaming pela comodidade? Primeiramente, boa noite. Segundamente, não me vendi. Terceiramente, sossega esse facho. Como os serviços de streaming estão cada vez mais tomando o mundo pela praticidade e conforto, é necessário falar das plataformas que serão os próximos campos de batalha do entretenimento.

E como esse é o rumo que as coisas tão tomando, hoje é hora de falar do 2º grande serviço lançado recentemente que promete ser um concorrente de peso, garbo e elegância para a Netflix: a HBO Max.

História

Em 10 de outubro de 2018, a WarnerMedia anunciou que lançaria um serviço de streaming no final de 2019, com conteúdo de suas marcas de entretenimento. O plano original para o serviço exigia três níveis com um lançamento no final de 2019. 

Randall L. Stephenson, presidente e CEO da controladora da WarnerMedia, AT&T, indicou em meados de maio de 2019 que usaria a marca HBO e se ligaria às operadoras de tv a cabo, pois os assinantes de cabo da HBO teriam acesso ao serviço de streaming. Uma versão beta era esperada no quarto trimestre de 2019 e lançamento completo no primeiro trimestre de 2020 na época.

A Otter Media foi transferida em maio de 2019 para a WarnerMedia Entertainment da Warner Bros. para assumir o serviço de streaming quando Brad Bentley, vice-presidente executivo e gerente geral do desenvolvimento direto ao consumidor, deixou o posto após seis meses. Andy Forssell foi transferido de ser diretor de operações da Otter para substituir Bentley como vice-presidente executivo e gerente geral enquanto ainda se reporta ao CEO da Otter, Tony Goncalves, que lideraria o desenvolvimento.

Em 9 de julho de 2019, a WarnerMedia anunciou que o serviço seria conhecido como HBO Max, e seria lançado na primavera de 2020, enquanto Hello Sunshine, a produtora de Reese Witherspoon e Greg Berlanti, assinaram acordos de produção para o serviço. (O apelido “Max” é compartilhado com o serviço de TV paga linear irmã da HBO Cinemax, que tem identificado alternadamente pelo seu nome sufixo desde meados da década de 1980 e o usou com destaque em sua marca de 2008 a 2011.) Em 29 de outubro de 2019, foi anunciado que o HBO Max seria lançado oficialmente em maio de 2020.

Em 8 de janeiro de 2020, a AT&T anunciou que a Audience, um canal exclusivo para assinantes de provedores de TV de propriedade da AT&T, como a DirecTV, com alguma programação original, encerraria as operações em seu formato atual mais tarde naquela primavera, e passará para um canal de propagandas (tipo um Polishop) para o HBO Max.

A Warner Bros. e a HBO Max anunciaram a gravadora Warner Max em 5 de fevereiro de 2020, que produziria de oito a dez filmes de orçamento médio por ano para o serviço de streaming a partir de 2020. Em 20 de abril de 2020, a WarnerMedia anunciou a data de lançamento da HBO Max em 27 de maio.

Gestão

Kevin Reilly, presidente da WarnerMedia Entertainment Networks, que inclui a maioria dos canais de entretenimento suportados por anúncios da empresa, como TBS, TNT e , também atua como diretor de conteúdo da HBO Max, responsável pela programação original exclusiva da HBO Max e conteúdo de biblioteca. Andy Forssell é vice-presidente executivo e gerente geral do serviço, enquanto ainda se reporta ao CEO da Otter Media, Tony Goncalves, que lidera o desenvolvimento.

Casey Bloys, presidente de programação da HBO, continua a supervisão do principal serviço hbo, incluindo a programação recém-encomendada que está disponível nos canais lineares HBO e HBO Max, mas não está envolvido com a programação exclusiva do Max.

Conteúdo

Visão geral

A WarnerMedia indicou que o serviço teria 10.000 horas de conteúdo no lançamento, incluindo conteúdo de primeira e biblioteca da HBO homônima (incluindo suas séries originais, documentários e especiais), e conteúdo de outras marcas e redes da empresa (incluindo Warner Bros. Pictures, New Line Cinema, DC Entertainment, TBS, TNT, TruTV, CNN, Cartoon Network, CW, Turner Classic Movies (a TCM), Crunchyroll, Rooster Teeth e Adult Swim).

A WarnerMedia afirmou que o serviço teria mais de 2.000 filmes disponíveis no lançamento, incluindo os direitos de televisão paga existentes da HBO que são originários de estúdios, incluindo a empresa irmã Warner Bros. Pictures, Universal Pictures e 20th Century Studios (os dois últimos têm seus respectivos acordos de produção com a HBO até 2022; filmes de ambos os estúdios provavelmente estarão disponíveis no Peacock (o serviço de streaming da Universal), Disney+ e Hulu assim que seus respectivos acordos de produção expirarem).

Assim como as plataformas de streaming existentes da HBO, HBO Go e HBO Now (mas ao contrário de suas plataformas nos canais Apple TV e Amazon Video Channels), a HBO Max não deverá incluir feeds dos canais a cabo lineares da HBO, nem espera-se que inclua qualquer conteúdo (incluindo programação original) da Cinemax, que irá simultaneamente encerrar seus esforços de programação original à medida que a WarnerMedia realoja seus investimentos em programação para a HBO Max. 

(A Cinemax compartilha seu conteúdo cinematográfico com o canal linear HBO, e, portanto, a maioria dos filmes na biblioteca combinada estará em ambos os serviços em janelas diferentes, mas os filmes não estarão necessariamente disponíveis tanto na HBO Max quanto no Cinemax ao mesmo tempo.)

O presidente e CEO da AT&T, Randall L. Stephenson, não descartou adicionar conteúdo ao vivo da Turner Sports no futuro (como a NBA on TNT, Major League Baseball on TBS e NCAA March Madness).

Max Original

O conteúdo original produzido estará sob o selo Max Originals , incluindo séries, filmes e especiais. O conteúdo episódico original é lançado semanalmente, evitando o formato “maratona” tornado popular pela Netflix. Kevin Reilly afirmou que isso era para garantir que os originais permaneceriam sob os holofotes por longos períodos, deixando os programas “respirarem” em vez de “desaparecer rapidamente após uma maratona e não serem mais comentados”.

Ele também observou que a programação semanal ajudou a impulsionar o sucesso de séries passadas da HBO como Succession Chernobyl, e se tornaram hits precisamente devido ao seu poder de permanência. Em 5 de fevereiro de 2020, a Warner Bros. anunciou que formaria uma nova produtora conhecida como Warner Max para produzir de 8 a 10 filmes de orçamento médio para o serviço anualmente. 

Uma lista de 31 séries originais foram planejadas para seu primeiro ano, com planos de expandir para 50 para o próximo ano, mas os cronogramas de produção podem ter sido interrompidos pela pandemia de COVID-19. A HBO Max também tem podcasts sobre os filmes e séries de TV no serviço.

Programas sindicalizados

As novas séries produzidas pela Warner Bros. Television que estreou na CW desde a temporada 2019-20 (começando com Batwoman Katy Keene) terão suas temporadas passadas colocadas na HBO Max um mês antes da estreia da mais nova temporada na TV (os direitos de transmissão das séries existentes permanecem com a Netflix sob um acordo existente).

Em 9 de julho de 2019, a HBO Max adquiriu os direitos de streaming dos EUA para Friends em um acordo de US$ 425 milhões, e em 17 de setembro de 2019, adquiriu os direitos de streaming dos EUA para The Big Bang Theory, como parte de um acordo que também estende os direitos da TBS para a série até 2028.

Direitos adquiridos

Fora da WarnerMedia, o serviço também oferece títulos da The Criterion Collection (uma distribuidora de filmes em DVD e Blu-ray) e tem uma parceria de longo prazo com a BBC Studios (com a qual a HBO já havia feito parceria para criar His Dark Materials). Mais de 700 episódios de conteúdo da BBC estão programados para estar disponíveis no serviço no lançamento, incluindo as primeiras 11 temporadas do revival de Doctor Who de 2005, bem como as futuras temporadas de 12 a 14, e uma variedade de outros programas, incluindo The Honorable WomanLuther, Top Gear e a versão original britânica de The Office.

Além disso, futuros programas da BBC Studios serão coproduzidos com a HBO Max. A HBO também estendeu sua parceria existente com a Sesame Workshop, enquanto transferia o conteúdo para a frente da marca HBO Max. Todas as cinquenta temporadas de Vila Sésamo (que datam de 1969) estão disponíveis para transmissão no serviço pela primeira vez. Além disso, as futuras temporadas de Vila Sésamo serão transmitidas exclusivamente pela HBO Max, ao lado de Esme & Roy, e vários novos spin-offs começando com The Not Too Late Show com ElmoMecha Builders The Monster at the End of This Story.

Animação

Ocidental

O serviço também conta com muitos hubs para programação animada, atraindo em grande parte as bibliotecas da Warner Bros. Animation (incluindo a franquia Looney Tunes (outro dia ele ganha especial) e as produções Hanna-Barbera) e Cartoon Network, juntamente com Adult Swim. 

Séries animadas originais (incluindo os especiais de epílogo de Hora de Aventura, chamado Hora de Aventura: Distant LandsJellystone!Looney Tunes Cartoons, uma continuação de Infinity Train e Summer Camp Island, e um reboot de The Boondocks) para ambas as seções de rede também foram anunciados para HBO Max e o serviço bateu os concorrentes em adquirir direitos exclusivos de streaming doméstico para South Park de Trey Parker e Matt Stone e suas próximas três temporadas, em um acordo compartilhado com o Comedy Central da ViacomCBS (que a Warner costumava possuir metade da participação do Comedy Central de 1991 a 2003) por US$ 500 milhões (com novos episódios sendo adicionados 24 horas após sua estreia no Comedy Central).

Animes

O Crunchyroll fornece uma seleção crescente de conteúdo de anime para o serviço, com curadoria a cada trimestre, começando com dezessete animes. Isso inclui Fullmetal Alchemist: BrotherhoodKill la KillBerserk, Your Lie in AprilRe:Zero − Starting Life in Another WorldRurouni Kenshin (Samurai X), e o produzido internamente In/Spectre.

Além disso, Death Note Hunter × Hunter estão na plataforma no primeiro ano do serviço. Death Note, assim como os cinco primeiros episódios de Tower of God, foram adicionados em 19 de junho de 2020, enquanto Hunter X Hunter ainda não está no serviço.

O serviço também é o primeiro serviço dos EUA a deter os direitos de streaming dos filmes do estúdio de animação japonês Studio Ghibli, através de seu distribuidor norte-americano GKIDS. Filmes do Studio Ghibli como A Viagem de ChihiroPrincesa MononokeO Castelo AnimadoPonyoO Serviço de Entregas da Kiki, Meu Vizinho Totoro e mais ficarão disponíveis no serviço no lançamento. A companhia irmã da Otter Media, Rooster Teeth também contribui com conteúdo, com a segunda temporada de Gen:Lock para ser exclusivo para HBO Max.

Pós-lançamento

Todos os oito filmes da série Harry Potter estavam disponíveis para streaming no serviço no dia do lançamento, apesar de relatos anteriores indicando que os filmes, embora produzidos pela Warner Bros., não estariam disponíveis devido a um acordo prévio de direitos de transmissão com a NBCUniversal. Em 29 de maio de 2020, a HBO Max adquiriu os direitos exclusivos de streaming do spin-off de The Big Bang TheoryYoung Sheldon.

Em 9 de junho de 2020, … E o Vento Levou foi temporariamente removido da biblioteca da HBO Max em meio aos protestos decorrentes do assassinato de George Floyd, após uma publicação no Los Angeles Times pelo roteirista de 12 Anos de Escravidão, John Ridley. Um porta-voz da HBO Max disse que ele será reintegrado em uma data posterior em sua forma original, mas com, como sugerido por Ridley, uma “discussão de seu contexto histórico” anexada.

Distribuição

Estados Unidos

A maioria dos assinantes ativos do HBO Now ou do serviço de TV paga HBO (que inclui o HBO Go) no momento do lançamento pode acessar o HBO Max sem custo adicional, com todos os três serviços geralmente compartilhando o mesmo preço de US$ 14,99 por mês. No entanto, essa transição depende do atual provedor ou faturador do cliente ter assinado um novo acordo de distribuição para a HBO Max com a WarnerMedia.

Para certos distribuidores que são membros da National Cable Television Cooperative (NCTC), o acesso ao HBO Max será lançado ainda em 2020. Ao anunciar o HBO Max, a WarnerMedia confirmou imediatamente que os assinantes da HBO nas plataformas de propriedade da AT&T (incluindo AT&T TV, DirecTV, U-verse e AT&T Mobility) receberão o HBO Max no lançamento sem nenhum custo adicional.

Os clientes da AT&T que são subscritos em seus planos de internet sem fio e TV de maior nível também receberão o HBO Max gratuitamente, enquanto aqueles em planos de nível inferior receberão uma avaliação gratuita que varia de um mês a um ano. Os assinantes existentes do HBO Now cobrados diretamente pela HBO também foram migrados para o HBO Max no lançamento sem nenhum custo adicional.

Em 27 de abril de 2020, um acordo foi anunciado para que os assinantes do HBO Now via Apple (ambas assinaturas no aplicativo e canais da Apple TV) sejam migrados para o HBO Max. O conteúdo do HBO Max será listado no aplicativo da Apple TV, juntamente com a criação de um hub dedicado do HBO Max no aplicativo.

Posteriormente, a WarnerMedia negociou com outros provedores de TV paga por acordos semelhantes. Em 20 de fevereiro de 2020, a WarnerMedia anunciou um acordo de distribuição com o YouTube TV que permitiria aos membros adicionar HBO e Cinemax, ao mesmo tempo em que poderia incluir o HBO Max como complemento. Em 15 de abril de 2020, a WarnerMedia anunciou um acordo semelhante com a Charter Spectrum (que adquiriu a antiga divisão de TV a cabo da Warner, que foi desligada em 2009, em maio de 2016) para dar acesso ao HBO Max para assinantes da HBO através de suas credenciais de TV Everywhere.

Um acordo semelhante foi anunciado com o Hulu em 1º de maio para a maioria dos assinantes existentes via Hulu + Live TV, além de estar disponível como um complemento para todos os outros planos sobre o serviço. Em 20 de maio de 2020, foi anunciado que a WarnerMedia havia feito acordos de distribuição com a Altice USA, Cox Communications, Xbox, Samsung, PlayStation, Verizon Communications e NCTC. Um acordo com a Comcast (quem hoje controal a Universal) (Xfinity) foi anunciado poucas horas após o lançamento da plataforma.

As duas plataformas mais proeminentes sem acordos para transportar o HBO Max são a Amazon (fabricante do Fire TV) e a Roku, que juntas controlam 70% do mercado de streaming de streaming dos EUA. Em 13 de maio de 2020, John Stankey, CEO da AT&T, revelou à Variety que era muito improvável que a Amazon se tornasse parceira de lançamento da HBO Max; as partes permaneceram em um impasse após o lançamento, supostamente devido a um desacordo sobre se a Amazon pode hospedar a programação adicional do Max diretamente em sua plataforma Prime Video Channels como faz para a HBO atualmente.

A disputa com a Roku depende de comissões de transmissão e vendas de publicidade no futuro nível suportado por anúncios. Com os dispositivos dessas duas empresas, o conteúdo não Max HBO permanece disponível, como de costume, através das respectivas plataformas de canais das empresas e/ou através do HBO Now. A Dish Network também foi erroneamente mencionado como um reduto em alguns relatórios de mídia; A HBO não está disponível na Dish desde o final de 2018 devido a uma disputa separada.

A HBO Max não suporta 4K, HDR ou Dolby Atmos, mas está planejada como “parte do roteiro do produto HBO Max”. Também não há suporte para audiodescrição para pessoas com deficiência visual. Há planos para o HBO Max introduzir um nível suportado por anúncios até 2021.

Internacional

As versões localizadas do HBO Max estão programadas para serem lançadas em 2021 na América Latina e nas partes da Europa onde a HBO já opera diretamente serviços de TV premium ou streaming. Nesse ínterim, alguns programas originais da HBO Max estarão disponíveis nas plataformas internacionais existentes da WarnerMedia, incluindo também a HBO Asia.

Em outros países, a WarnerMedia diz que planeja continuar trabalhando com os parceiros de licenciamento existentes da HBO por enquanto. Pouco depois de anunciar a HBO Max, a WarnerMedia renovou seus acordos com vários parceiros internacionais existentes para a programação de canais principais da HBO, incluindo a provedora europeia de TV por satélite Sky no Reino Unido, Alemanha, Áustria, República da Irlanda e Itália (agora de propriedade da rival AT&T e operadora de canais incluindo a Sky Atlantic, Comcast); Bell Media no Canadá (que opera a HBO Canada e o serviço de streaming local Crave e Foxtel na Austrália (operadora da Fox Showcase e do serviço de streaming Binge). 

Essas renovações significam que o HBO Max não será lançado como um serviço separado nesses países para o futuro próximo Algumas dessas extensões adicionaram direitos aos programas originais da HBO Max produzidos pela empresa irmã Warner Bros. ou provisões para futuras coproduções da HBO Max, mas não incluem automaticamente direitos para séries HBO Max produzidas por estúdios de terceiros, ou direitos de streaming para outras programações de bibliotecas da WarnerMedia realizadas pela HBO Max, como Friends.

Na França, onde a programação original da HBO está disponível na OCS, Stéphane Richard, CEO da Orange, revelou em fevereiro de 2020 que haverá discussões com a WarnerMedia sobre o conteúdo HBO Max após o término dos acordos com a HBO em 2022. Mas em junho de 2020, a OCS anunciou a aquisição de alguns programas originais da HBO Max, como Search Party Love Life, sem especificar se os outros programas serão transmitidos.

Outros serviços internacionais que carregam a programação original da HBO, como Disney+ Hotstar (Índia) e Sky New Zealand ainda não fizeram nenhum anúncio sobre o transporte de programas Max Originals.

Qual a diferença entre HBO Go, HBO Now e o Max?

O HBO Go é um serviço de streaming sob demanda da HBO na internet (um serviço disponível para os assinantes do canal a cabo, que podem fazer stream do conteúdo via internet para seus aparelhos, ou seja, precisa assinar um plano de TV a cabo para ter acesso a ele). Além de seu catálogo em constante mudança de grandes filmes, a HBO Go inclui acesso à maior parte da enorme biblioteca de séries originais da rede. Também é possível assistir à estreia de episódios de séries de TV simultaneamente com a exibição nos canais da HBO.

Antes da HBO Go oferecer acesso ao serviço de streaming sem precisar de uma assinatura de TV a cabo, surgiu a HBO Now especificamente com esse propósito: pessoas que não possuíam operadora de TV terem acesso ao conteúdo da HBO. Disponível somente nos Estados Unidos, o serviço começou em 2015 com uma parceria de exclusividade para a Apple TV e os dispositivos com iOS. Depois, sua disponibilidade foi expandida para aparelhos Android, Kindle Fire, aplicativos para Xbox 360 e Xbox One, e PlayStation 3 e PlayStation 4.

O HBO Max surgiu como uma “versão de luxo” dos serviços de streaming já existentes da HBO, HBO Go e HBO Now. Além de trazer conteúdos originais da HBO (como todos os citados anteriormente), o serviço possui material extra produzido pela WarnerMedia.



Fã alucinado da sétima, oitava e nona arte, decidi me aprofundar em seus conhecimentos ao entrar na faculdade. Agora, formado em Realização Audiovisual na Unisinos, dedico meu tempo a muitas outras aventuras emocionantes.